ATENDIMENTO VIA WHATSAPP
(17) 98170-7616

Siga-nos:
9 perguntas sobre perfumes<

9 perguntas sobre perfumes

A Borssolani Store resolveu responder ás 9 perguntas sobre perfumes mais comuns que chegam de nossos clientes.

1- Posso passar perfume no corpo todo?

Vai depender da concentração de essência do perfume escolhido. Uma eau de toilette ou deo-cologne tem de 7% a 15% de essência, o que é bem razoável; nesse caso, basta aplicar na nuca, no colo ou nas dobras dos braços para ter a dose exata de fragrância. Se você gosta de “tomar banho de perfume”, opte por um splash colônia e aí, sim, aplique no corpo todo. A concentração de essência é mais baixa (em torno de 3%) e o risco de overdose é zero.

2 – Se passar perfume de manhã, vai durar o dia todo?

Perfumes frescos e cítricos não duram o dia todo. Como são elaborados com óleos essenciais de frutas cítricas, ervas aromáticas como alecrim e lavanda, oferecem extremo frescor e repousam sobre a pele como um véu de organza. Por isso mesmo, duram menos. Nesse caso, carregue um frasco apropriado para bolsa e reaplique depois de cinco horas. Fragrâncias mais duradoras combinam flores variadas com musk, ou flores mescladas com frutas e caramelo, ou madeiras e resinas. Busque opções dentro das famílias Chypres, Orientais ou Amadeiradas que por suas caraterísticas oferecem fragrâncias mais substantivas e de longa duração. Bons exemplos de perfumes mais duradores são o GIORGIO ARMANI Acqua Di Giò Homme e o Calvin Klein Euphoria.

3 – A pele seca precisa de uma aplicação de fragrância mais generosa?

A pele seca é mais sensível e precisa de uma boa hidratação, em primeiro lugar. Lembre-se de que as colônias são feitas com essência, água e álcool etílico e esse último desidrata a pele.

4 – É verdade que o olfato não é tão sensível no inverno como no verão?

É uma das perguntas sobre perfumes bem comum, mas isso depende também de cada pessoa, sua sensibilidade olfativa ou se ela tem alguma condição nas vias aéreas como rinite ou sinusite. Mas no caso do inverno a percepção olfativa varia em função da temperatura, umidade e altitude. Em temperaturas baixas e altitudes elevadas a percepção olfativa é diminuída.

5 – É verdade que as fragrâncias reagem de forma diferente em loiras, morenas e ruivas?

O perfume se desenvolve de forma única na pele de cada pessoa. Variantes como: raça, idade, sexo, tipo de dieta, diabetes, alcoolismo, alguns antibióticos e certos hormônios podem alterar o odor da transpiração, atribuindo ao cheiro características peculiares e até desagradáveis.

6 – A transpiração afeta a fragrância?

O suor é inodoro, mas pode sofrer decomposição pela ação dos micróbios que sim, alteraram seu odor. Se isso acontecer, vai afetar a percepção da fragrância. No verão, eleja um bom desodorante para ser seu aliado.

7 – Um perfume pode ser mantido no frasco por tempo indefinido?

O perfume se oxida com o tempo, por isso sua validade, em média, de três anos, se for mantido ao abrigo da luz e do calor.

8 – Colocar o perfume na geladeira para ficar mais refrescante. Funciona mesmo?

O líquido ficará mais frio e, quando você aplicar, vai sentir esse frescor na pele – mas olfativamente a fragrância não se altera. Mas é verdade, sim, que manter o frasco sob refrigeração vai aumenta o tempo de vida útil do seu perfume.

9 – A alimentação pode afetar o cheiro e a duração da fragrância na pele?

Outra das perguntas sobre perfumes bem comum é sobre a alimentação. Porém é uma questão de metabolismo, mas se você comer sempre muito alho, por exemplo, sua transpiração vai remeter a isso e, consequentemente, o cheiro da sua pele. “Os indianos comem muitos condimentos e a pele cheira um pouco a curry; os chineses comem bastante alho e cheiram alho; bebês tomam leite a alimentos lácteos e cheiram a “queijinho”. Isso pode alterar o aroma na sua pele.

Ainda tem alguma dúvida? Escreve aqui nos comentários!


07/01/2019